HALL DA FAMA    MERCADO DA BOLA    JOGOS DO DIA    MUSAS DO F7
Usuário:    |  Senha:  
 
   
 
  03/04 - Marque seu amistoso ou desafio Coliseu entre em contato com 31 99778 1140  
NOTÍCIAS

Data: 26/11/2021
Essa notícia foi lida 470 vezes

  

Leopoldo Siqueira fala sobre as expectativas para a Intercup de Base Fut 7

A Intercup de Base Fut 7 já começou! Contando com 24 equipes e mais de 250 atletas, a competição que está sendo realizada em Santa Luzia volta após um ano de atividades suspensas devido à pandemia. 


Dividido por categorias que vão desde o Sub 09 até o adulto, as expectativas para este campeonato estão grandes. Quem garante isso é Leopoldo Siqueira, apresentador do Alterosa Esporte, programa que apoia a realização da Intercup. 


Em entrevista realizada pelo site Liga SL Society, Leopoldo falou sobre suas expectativas para a Intercup e a importância dos campeonatos amadores para as bases de times profissionais. Além disso, o apresentador abordou o impacto da presença dos times amadores nas mídias sociais.


Leia nossa entrevista completa:


Quais são as expectativas para a Intercup?

As expectativas são sempre muito grandes quando a gente fala em campeonato de base. A ‘garotada’ está aí com técnica, com sonhos e não vou dizer só que tem muita gente boa jogando. É claro que tem aqueles que não tem uma técnica, mas tem muita vontade e paixão pelo futebol, seja ele Fut7 ou de campo ou futsal. Essa Intercup de base está trazendo para Santa Luzia mais essa oportunidade para a criançada e os jovens se mostrarem, se divertirem, as famílias sonharem com aquela situação de “será que vai dar um jogador de futebol?”. Então essas situações são as que, na minha opinião, compõem uma expectativa muito positiva da Copa. Quero parabenizar a organização que, mesmo em meio a tantas dificuldades, entre elas a pandemia, está fazendo essa competição. 


Por que a escolha por Santa Luzia para sediar a Inter Cup?

Há algum tempo a gente tem observado que mineiro de forma geral é apaixonado por esporte, futebol, vôlei, fut7. Fut7 é um esporte que cresce muito no Brasil, em Minas Gerais tem muitas ligas, muitas competições e a gente observa que a galera de Santa Luzia gosta muito dessa modalidade, se diverte, se reúne sempre nas quadras. A gente vê movimentos em quadras, inclusive durante a semana, e fazem resenha, fazem campeonatos com nomes criativos e a gente observa que é uma paixão. Nada mais correto, mais justo que Santa Luzia sediar uma competição de toda essa grandeza que é começar a ver a ‘garotada’ de forma organizada. A gente vê muitas escolinhas na região que compõem esse quadro bem positivo com relação a formação de jogadores e de formação de pessoas.


De que maneira torneios como a Intercup podem ajudar as categorias de base de times como América, Atlético e Cruzeiro?

A Intercup pode impactar de forma muito intensa. Há muitos anos os clubes profissionais, esses que a gente chama de grandes clubes como Cruzeiro, Atlético e América, faziam essa captação de jogadores através daqueles olheiros, ex-jogadores ou funcionários que tinham essa capacidade de ficar observando e captando novos valores. Eles passaram depois a ter algumas escolinhas. Hoje os olhares, não só dos clubes brasileiros - tem clubes europeus que olham para base no Brasil inclusive - se ampliaram muito. Eles vão em direção às escolinhas de toda forma e Fut7 também. As escolinhas que hoje a gente tem - e são muitas que a gente sabe que tem na grande BH, sobretudo em Santa Luzia - são um foco de formação de jogadores. Há uma observação sem muita publicidade, porque faz parte do negócio não despertar o olhar do concorrente, há muita preocupação e muito foco desses clubes em relação à essas escolinhas, porque o trabalho que esses abnegados fazem - a gente sabe de muitas escolinhas que são pagas, mas muitas que são custeadas ou pela ajuda dos pais ou por algum patrocínio ou pela contribuição do próprio professor -, essas escolinhas estão fazendo um trabalho muito bacana, principalmente no sentido de que mesmo que o jogador não se torne um grande profissional, ele sai das ruas, sai de uma situação de risco. Então, está aí também uma grande importância do futebol, do esporte em geral.


A Intercup conta com alguns patrocinadores. Qual a importância desse apoio para o campeonato e para os atletas? 

O empresário, não todos, obviamente, pode ver apenas a questão do desconto do imposto de renda, mas olhando para o lado social é muito importante que ele associe sua marca a trabalhos sérios, trabalhos esportivos, trabalhos sociais. Cada vez mais em um Brasil de economia fraca, de política maluca, a gente precisa desse elo completamente fechado. Então, o empresariado pode e deve voltar os seus olhares à esses projetos sociais esportivos ou apenas esportivos, pois ele vai associar a marca dele à uma coisa séria e automaticamente ele vai ter visibilidade, porque quando uma competição dessas mobilizar toda a comunidade, ele está lá, está junto, está expondo a marca dele. E além de tudo ele está fazendo um trabalho de retorno daquilo que ele vende, daquilo que ele recebe de volta em termos de credibilidade, de respeito e de compromisso com a sociedade, afinal de contas ele dá emprego, produto, mas ele tem também esse compromisso.


Como jornalista esportivo, de que forma você enxerga a presença dos times amadores nas mídias sociais?

As mídias sociais são muito importantes, elas ampliaram muito o leque de informação, de discussão, de valores, táticas, técnicas, enfim tudo que a gente tem em torno do esporte. Eu fico impressionado que a gente conversa com os professores, seja daquela escolinha mais humilde, que tem ainda pouco apoio, tem dificuldade de subsistência de não ter uma bola, um uniforme, mas a gente observa um “olha lá o meu Instagram”, “olha lá no Facebook”, então esse acesso é importante porque eles expandem as informações sobre aquela escolinha e coloca as pessoas em contato com um trabalho esportivo e social que é muito importante para todos nós. As crianças que estão hoje nessa dificuldade de escola, pandemia, tem no esporte, além do sonho de ser jogador, uma alternativa de vida, uma ocupação, uma socialização. Então, através das mídias, essas escolinhas e essas equipes amadoras tem essa condição de mostrar o trabalho. Então é muito importante que inclusive a gente dê esse suporte para elas.



Redação: Valkiria Batista / Liga SL








LEIA TAMBÉM!

MLKS FC CAMPEÃO DA FAST CUP APOLLO
MLKS FC 4 X 3 LOS PEPES
Campeão Fast Cup Apollo
Bruxos 10 x 2 PCT
REFORMA DA QUADRA COLISEU CHEGA A 40% CONCLUÍDA
Quadra Coliseu está com 40% da reforma concluída.
Esporte União e Los Manos definirão quem será o campeão da Inter Cup 2021
Depois de uma semifinal bastante disputada, Esporte União e Los Manos disputarão a grande final.
Giro Inter Cup 2021: O que aconteceu na 3ª rodada da categoria Adulta na Inter Cup 2021
Confira como ficou a categoria Adulta da Inter Cup 2021.

CRAQUE DA RODADA

Ruam Kevin Almeida Valentin (CRIA DA MABEL)

Equipe: Meninos da Laje



ENQUETE

Você já segue a Liga SL no Instagram? ( liga.sl )




RANKING


PARCEIROS


Copyright© 2022 LIGA SANTA LUZIA.